Lágrimas Amargas

Tinha algo na temperatura quente de seu rosto que a fazia sentir-se mais humana. Mesmo tendo só a luz da lua que se infiltrava pela janela, quando se olhou no espelho, pôde rever alguém perdido, mas conhecido. Alguém fraco demais para se deixar caminhar pelo mundo, de ideais demais para sobreviver, um solitário repudiável.

Que o encaixe era de algo além, era claro pelo mundo que parecia se refugiar dentro de sua mente, apesar de tudo sorria. Mas o que ninguém sabia é que fugia de si própria, aquela maldita covarde que por vezes tomava seu corpo e banhava seu rosto,que se engasgava ao manter o silêncio.

Achava bonita a face assim avermelhada, transbordada de sentimentos qual deveria se envergonhar, se perguntava como seria belo se toda aquela vida, o sangue correndo quente sob a pele para deixá-la com tanto destaque fosse causada por alegrias.

Como podia se perder facilmente em contos supérfluos como se fosse de seu interesse, enquanto secretamente fantasiava em desbravar o mundo até o fundo, para que pudesse encontrar outra alma assim, parecida – mesquinha fantasiosa e solitária. Talvez devesse, mas era aquela maldita covardia em ter que responder à preocupação de quem deveria lhe conhecer.

Eles não amariam aquela covarde.

Aquelas lágrimas amargas, poderia bebê-las com vodka e gelo, só para embebedar-se enquanto se deixava levar, a todos aqueles objetivos vazios que só mantinha para manter se a caminhar, a todo o dinheiro que diziam ter que ganhar para realizá-los, mas só queria saber quanto custava para poder ser um amante de café meio amargo enquanto descobria poesia a cada esquina do mundo.

Sua alma só precisava se encher de estradas, vias, contos e cantos de vida.

Por isso precisava fugir, para se encontrar, se libertar sem escrúpulos. Viver! A covarde, aquela mesma fecunda em si, só queria gritar belos xingamentos àquele modelo hipócrita de felicidade, inspirar um grito de revolta de tantos mais covardes, e dominar o mundo com poesia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s