Return

001

Já fazia uma quinzena, um semestre ou talvez mais
Que abandonei as palavras, não as queria jamais
Foi um afastar gatuno, em escassez se apresentaram
Tirando aquele sussurro que a seu ouvido foi recitado

Sequer percebeu que ao mundo meu silêncio foi creditado
E num bailar mudo, as palavras mais uma vez voltaram
Para se libertar revoltosas ao gigante céu noturno 
Vindas do abismo profundo onde inquietas descansaram

A valsa voltou a rodar com o piano que só eu posso ouvir
E como mais ao mundo poderia gritar que as palavras queriam sair?

Anúncios

4 pensamentos sobre “Return

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s